Capa Livro

UM SÉCULO DE SECAS: POR QUE AS POLÍTICAS HÍDRICAS NÃO TRANSFORMARAM O SEMIÁRIDO BRASILEIRO?

Código: 9789895217311



R$ 100,00




Frete fixo (R$ 15,00)











Ao clicar em finalizar comprar, você será redirecionado para o site do Mercado Pago, para efetuar o pagamento.
Imagem Mercado Pago

Você já leu inúmeros livros sobre secas no Nordeste brasileiro e não ficou claro porque as políticas não trouxeram mudanças significativas para a região? Qual o motivo de o fenômeno continuar tomando proporções de desastre natural, causando prejuízos generalizados à economia do Semiárido brasileiro? Por que obras intensamente propaladas como soluções para a seca (açudagem, irrigação, perfuração de poços, Projeto de Integração do Rio São Francisco, etc) não modificaram ou talvez não alterem o cenário socioeconômico da região?

No Livro "Um século de secas: por que as políticas hídricas não transformaram o Semiárido brasileiro?", publicado pela editora Chiado (Portugal), com 434 páginas, os autores abordam a história de um século de secas para explicar os fatores predominantes às políticas de adaptação aos seus impactos, no período de 1901-2016.

Além de oferecerem uma compreensão crítica e abrangente sobre a área semiárida do Brasil, no passado e no presente, apontam caminhos e traçam estratégias político-institucionais para promover a gestão sustentável da seca, no contexto de possíveis mudanças climáticas.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a nossa equipe pelo e-mail: contato@letrasambientais.com.br

Editora: Chiado

Edição: 1

Ano de Edição: 2018

Assunto: História; Meio ambiente; Políticas públicas

Idioma: Português

País de Produção: Portugal

Código de Barras: 9789895217311

Encadernação: Brochura

Altura: 24 cm

Largura: 16 cm

Comprimento: 2,20 cm

Peso: 800g

Nº de Páginas: 434

Humberto Alves Barbosa

Graduado em Ciências Atmosféricas, mestre em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e doutor em Solo, Água e Ciências Ambientais pela Universidade do Arizona. É coordenador do Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (LAPIS – http://www.lapismet.com.br). É pesquisador na área de clima e serviços ecossistêmicos. Utiliza sensoriamento remoto como ferramenta de monitoramento ambiental, subsidiando governos e segmentos empresariais com informações de satélite. Participa como autor de relatório do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC).

Catarina de Oliveira Buriti

Escritora, jornalista, historiadora e doutora na área de Ciências Ambientais. É pesquisadora do Instituto Nacional do Semiárido (INSA – Brasil), Unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Desenvolve atividades ligadas à divulgação científica, com foco no Semiárido brasileiro. É colaboradora do Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (LAPIS) e da World Environmental Conservancy (WEC).

Deixe sua avaliação do Livro "Um Século de secas":





Os campos marcados com * são obrigatórios.

Logo do Letras Ambientais
Facebbok Twitter Youtube Feed